“Continuamos acreditando e que o torcedor também acredite”, diz Dalton sobre a classificação

O futuro do Leão no Campeonato Paranaense será decidido na noite desta quarta-feira (29), às 21h45, no Estádio Nelson Medrado Dias, a Estradinha. O Rio Branco recebe a equipe do  Foz do Iguaçu e precisa vencer para ficar entre os oito times classificados para a próxima fase da competição.

A diretoria do Leão, que durante a semana teve outras preocupações além da tabela, precisou agir rápido para por alguém no comando da equipe já que o técnico Saulo de Freitas está afastado por problemas de saúde. Sendo assim, Erminho será o comandante do time alvirrubro na partida.

Para o goleiro Dalton, o jogo de hoje é de muita responsabilidade. “A equipe do Foz vem em um bom momento, vem sem o peso da responsabilidade e, consequentemente, tentando anular os nosso pontos positivos. Precisamos mais do que nunca superar nossos limites”, afirma.

Acostumado a estudar os outros times, o defensor acredita que além de treinar é preciso conhecer o seu adversário. “Eu, particularmente, procuro analisar sempre o adversário que a gente vai jogar buscando vídeos na internet, vendo os gols, pontos fortes e os fracos também. Acredito que faça a diferença”, conta o goleiro do Leão.

Foto: Assessoria de imprensa/Thaise Oliveira

Sobre o clima de decisão, é normal que a cobrança seja maior do que em outras partidas. Para Dalton, a preparação também é algo que deve ser dobrada. “Com o tempo a gente vai aprendendo a lidar com essas situações. Então, na preparação pré-jogo eu treino cognitivamente, que é um treino psicológico, pensando e analisando as ações que vou fazer em determinada circunstâncias. Claro que na maioria das vezes é fração de segundos que a gente tem que tomar uma decisão e reagir. Às vezes eu não acerto, mas procuro sempre trabalhar em um linear de quase perfeição”, afirma.

Acreditando na força do torcedor, Dalton crê que jogar em casa com o apoio das pessoas será um grande diferencial na conquista do resultado positivo. “Eu queria aproveitar a oportunidade e convidar o torcedor que acredita no nosso trabalho. A gente vem fazendo bons jogos, claro que o resultado não é o favorável, mas há entrega e dedicação dos jogadores. Infelizmente, os três pontos não estão acontecendo, mas na hora certa vai acontecer. Eu li uma frase e achei interessante, dizia que  ‘não pode deixar o nosso sonho morrer’, então continuamos acreditando e que o torcendo também acredite”, diz o defensor.

Além disso, a dedicação hoje em campo será por um motivo a mais. “Nós recebemos o técnico Saulo muito bem, assim como ele nos recebeu. Vamos tentar fazer algo a mais amanhã para que ele se sinta feliz. Esperamos que ele se recupere logo, pois contamos com ele também”, declara Dalton.

Foto: Assessoria de imprensa/Thaise Oliveira

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *