Preparador físico do Rio Branco acredita que pausa nos treinos não comprometerá a parte física dos atletas

Com a então eliminação do Rio Branco do Campeonato Paranaense, jogadores e comissão técnica foram liberados no início desta semana para tirarem alguns dias de folga até que a decisão do possível retorno do Leão na competição fosse tomada.

Marcada a reapresentação do elenco para quinta-feira (7), dia que foi concretizada a volta do time à competição, poucos treinos foram realizados visando a próxima partida do Leão. Porém, segundo o preparador físico do Rio Branco, Fabiano Kraemer, a pausa nos treinamentos não irá interferir no desenvolvimento da equipe no próximo domingo. “Existem alguns efeitos do destreinamento, mas como fizemos um bom trabalho na pré-temporada, e a gente vem de uma sequência de jogos e treinamentos, não impede que a equipe consiga fazer um bom jogo, principalmente na parte física”, afirma.

Acreditando que o preparo físico vai além dos treinos diários em campo, o professor Fabiano Kraemer alega ter conversado com os atletas antes do repouso liberado pela diretoria, orientando cada membro da equipe a manter o cuidado necessário para não prejudicar a parte física. “Os atletas sabem da importância de se cuidar, como os cuidados do sono, repouso, alimentação, então nós procuramos conversar com eles antes de libera-los explicando a situação e orientando-os a descansaram o máximo que puderem. Agora voltamos nesta semana treinando forte e, se for preciso, será realizado um trabalho de complemento visando à parte física”, diz.

Atividade física sendo realizada pelos atletas/ Foto: Assessoria de imprensa|Thaise Oliveira

Com o retorno dos jogadores, a comissão técnica já começou a preparação para a próxima partida. Na sexta-feira a equipe trabalhou em dois períodos, sendo à tarde na Estradinha, e neste sábado trabalha no período da manhã, tempo suficiente para analisar o que precisará ser feito caso algum atleta esteja fora de ritmo. “Ontem pela manhã fizemos um trabalho mais técnico. Se a gente detectar que algum atleta precisa melhorar, passamos algum trabalho de complemento, mas a princípio eles voltaram bem. Como tivemos um campeonato longo, foram 11 partidas, acreditamos que não tem uma perca muito grande. Agora, se fosse início da competição e não fosse bem feita a pré-temporada, provavelmente sentiríamos os efeitos maiores do destreinamento”, declara Kraemer.

Professor Fabiano Kraemer auxiliando os atletas / Foto: Assessoria de imprensa|Thaise Oliveira

O Rio Branco segue se preparando para enfrentar o seu adversário das quartas de final, o Londrina. O primeiro jogo acontecerá no domingo (9), às 16 horas, na Estradinha. O jogo da volta está marcado para a próxima quarta-feira (12), às 20 horas, no Estádio do Café.

 

Primeiro jogo da decisão entre Rio Branco e Londrina acontecerá no próximo domingo

A eliminação do Rio Branco no Campeonato Paranaense durou pouco tempo. A decisão do STJD no caso do JMalucelli resultou na perda dos 16 pontos da equipe devido a escalação irregular do atleta Getterson. Dessa forma, o Rio Branco, sendo a oitava equipe que mais pontuou na primeira fase, ganhou o direito de disputar as quartas de final no lugar do time curitibano, enfrentando, assim, a equipe do Londrina.

Por determinação da Federação Paranaense de Futebol (FPF), o primeiro jogo entre Rio Branco e Londrina será realizado no domingo (9), às 16 horas, na Estradinha. O jogo da volta está marcado para a próxima quarta-feira (12), às 20 horas, no Estádio do Café.

Os jogadores do Leão já se reapresentaram e treinaram na manhã desta sexta-feira (7). Para o técnico Erminho, que assumiu definitivamente o comando da equipe, a nova chance já era algo esperado. “Muitos não acreditavam, mas nós tínhamos um fio de esperança e foi o que aconteceu. Nós demos três dias de folga para os atletas, mas deixamos avisados que entraríamos em contato e eles voltariam a trabalhar, pois estávamos confiantes que iria surgir a oportunidade de entrarmos em campo novamente”, afirma.

Sobre a formação da equipe para a próxima partida, Erminho não pretende fazer muitas mudanças. “Não tem muito o que mudar porque a equipe já tem um padrão de jogo. Temos os jogadores suspensos, então serão feitas as substituições normais. Sabemos como é o Londrina, uma equipe conhecida no cenário brasileiro, disputando a série B, só que vamos aproveitar o nosso local de trabalho, fazendo valer jogar na Estradinha. Surgiu uma nova oportunidade na vida deles e que eles aproveitem”, diz  o comandante.

Saulo de Freitas recebeu alta nesta sexta-feira

O técnico Saulo de Freitas recebeu alta médica nesta sexta-feira (31). Após passar por um procedimento de cateterismo foi constatado que nenhuma veia e nem artéria havia sido obstruída, descartando um infarto como causador do mal estar na semana passada.

Em uma ecografia realizada no hospital onde estava internado foi diagnosticada uma inflamação no coração. Saulo já foi medicado e liberado, precisando apenas fazer um tratamento por um período para que sua rotina volte ao normal.

Por meio de sua família, Saulo enviou para a diretoria do Rio Branco, na quinta-feira (30), um recado para todos que estiveram torcendo pela sua recuperação. Confira abaixo.

Foto: Arquivo pessoal/Divulgação Rio Branco

“Continuamos acreditando e que o torcedor também acredite”, diz Dalton sobre a classificação

O futuro do Leão no Campeonato Paranaense será decidido na noite desta quarta-feira (29), às 21h45, no Estádio Nelson Medrado Dias, a Estradinha. O Rio Branco recebe a equipe do  Foz do Iguaçu e precisa vencer para ficar entre os oito times classificados para a próxima fase da competição.

A diretoria do Leão, que durante a semana teve outras preocupações além da tabela, precisou agir rápido para por alguém no comando da equipe já que o técnico Saulo de Freitas está afastado por problemas de saúde. Sendo assim, Erminho será o comandante do time alvirrubro na partida.

Para o goleiro Dalton, o jogo de hoje é de muita responsabilidade. “A equipe do Foz vem em um bom momento, vem sem o peso da responsabilidade e, consequentemente, tentando anular os nosso pontos positivos. Precisamos mais do que nunca superar nossos limites”, afirma.

Acostumado a estudar os outros times, o defensor acredita que além de treinar é preciso conhecer o seu adversário. “Eu, particularmente, procuro analisar sempre o adversário que a gente vai jogar buscando vídeos na internet, vendo os gols, pontos fortes e os fracos também. Acredito que faça a diferença”, conta o goleiro do Leão.

Foto: Assessoria de imprensa/Thaise Oliveira

Sobre o clima de decisão, é normal que a cobrança seja maior do que em outras partidas. Para Dalton, a preparação também é algo que deve ser dobrada. “Com o tempo a gente vai aprendendo a lidar com essas situações. Então, na preparação pré-jogo eu treino cognitivamente, que é um treino psicológico, pensando e analisando as ações que vou fazer em determinada circunstâncias. Claro que na maioria das vezes é fração de segundos que a gente tem que tomar uma decisão e reagir. Às vezes eu não acerto, mas procuro sempre trabalhar em um linear de quase perfeição”, afirma.

Acreditando na força do torcedor, Dalton crê que jogar em casa com o apoio das pessoas será um grande diferencial na conquista do resultado positivo. “Eu queria aproveitar a oportunidade e convidar o torcedor que acredita no nosso trabalho. A gente vem fazendo bons jogos, claro que o resultado não é o favorável, mas há entrega e dedicação dos jogadores. Infelizmente, os três pontos não estão acontecendo, mas na hora certa vai acontecer. Eu li uma frase e achei interessante, dizia que  ‘não pode deixar o nosso sonho morrer’, então continuamos acreditando e que o torcendo também acredite”, diz o defensor.

Além disso, a dedicação hoje em campo será por um motivo a mais. “Nós recebemos o técnico Saulo muito bem, assim como ele nos recebeu. Vamos tentar fazer algo a mais amanhã para que ele se sinta feliz. Esperamos que ele se recupere logo, pois contamos com ele também”, declara Dalton.

Foto: Assessoria de imprensa/Thaise Oliveira

 

Saulo de Freitas continua internado e Erminho assume o comando do Leão diante do Foz do Iguaçu

O técnico Saulo de Freitas, que assumiu recentemente o comando do Rio Branco, está passando neste momento por um procedimento de cateterismo. Ele está internado no Hospital do Rocio, em Campo Largo, onde foi levado de avião na tarde desta terça-feira (28).

Saulo foi levado ao Hospital Regional de Paranaguá na noite desta segunda-feira (27), após sofrer um infarto. Mesmo com o susto, o técnico segue em estado estável e não corre risco.

A diretoria do Leão está acompanhando de perto todos os procedimentos e dando toda assistência necessária a ele e à família.

Com a ausência de Saulo, quem assumirá o comando da equipe para o treino de hoje e para a partida decisiva entre Rio Branco e Foz do Iguaçu, quarta-feira (29), às 21h45, será Emerson Luiz Almeida de Oliveira.

O técnico Saulo avalia a atuação do Rio Branco diante do Coritiba

Pela 10ª rodada do campeonato estadual, o Rio Branco foi até a capital enfrentar o Coritiba, neste domingo (26), e mesmo sendo superior em boa parte da partida, não conseguiu trazer pontos para Paranaguá. Agora o Leão precisa vencer o Foz do Iguaçu na próxima quarta-feira (29), na Estradinha, para seguir na competição.

O técnico Saulo, estreando no comando do Leão na temporada, avaliou a atuação da equipe durante a partida. “O Coritiba é uma grande equipe, mas o Rio Branco propôs jogo o primeiro tempo todo. Nós jogamos de igual para igual. O grande problema é que são jogadores jovens e eles jogam em alta intensidade na hora que tem que trabalhar a bola, mas isso eu tenho que corrigir. Eu sou o treinador para fazer isso e eles vão melhorar”, diz.

Para o comandante, a atuação da equipe foi boa, mas o gol sofrido de bola parada aos oito minutos foi determinante para desequilibrar a partida. Agora a atenção deve ser voltada ao Foz do Iguaçu e continuar trabalhando para buscar a classificação. “É um desafio enorme, mas eu acredito que se nós tivermos tranquilidade, automaticamente nós vencendo o Foz temos chance de classificar, é isso que vamos fazer. Se a gente conseguir ficar entre os oito as coisas vão melhorar, pois eu vou ter  mais tempo de trabalhar bem a equipe”, afirma Saulo.

O Rio Branco volta suas atividades já nesta segunda-feira (27) visando o próximo confronto, quarta-feira (29), às 21h45, na Estradinha, onde recebe a equipe de Foz de Iguaçu.

Saulo de Freitas assume o comando do Rio Branco

O Rio Branco já tem um novo comandante para a sequência do Campeonato Paranaense. Saulo da Fé Freitas, que já comandou o Leão da Estradinha em 2006, 2007, 2010 e 2011, assumiu nesta sexta-feira (24) novamente a equipe de Paranaguá.

Além do Rio Branco, Saulo já treinou o Paraná Clube, onde jogou durante anos e ficou conhecido como Tigre da Vila, sendo o maior artilheiro da história do clube, com 104 gols.

O novo técnico já realiza neste momento um treino com a equipe na Estradinha visando o próximo adversário, o Coritiba, no próximo domingo (26), às 19h30, no Couto Pereira, em Curitiba.

 Foto: Assessoria de imprensa/Thaise Oliveira

 

FPF libera a Estradinha para a partida entre Rio Branco e Foz do Iguaçu

Representantes da Federação Paranaense de Futebol (FPF) estiveram em Paranaguá, especificamente na Estradinha, na noite desta quinta-feira (23) para realizar a vistoria da iluminação instalada no estádio para a realização da partida entre Rio Branco e Foz do Iguaçu, marcada para a próxima quarta-feira (29), às 21h50, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paranaense.

Devido a não apresentação do laudo dentro do prazo exigido pela FPF, o Estádio Municipal Fernando Charbub Farah, o Gigante do Itiberê, local onde o Rio Branco mandou os seus jogos durante 10 anos e vem realizando alguns treinos nesta temporada, não foi liberado para a última partida da primeira fase da competição estadual. A solução encontrada pela diretoria do Leão para que o jogo fosse realizado na cidade de Paranaguá foi a instalação de refletores na Estradinha com a ajuda de verdadeiros torcedores do Leão.

O gerente de competições, Marcius Koehler, e o assessor do presidente da FPF, Robson Serring, aprovaram a iluminação da Estradinha, confirmando o local para a partida decisiva entre Rio Branco e Foz do Iguaçu. Para o presidente do clube, Thiago Campos, essa é mais uma conquista. “Nós vamos sempre lutar para que o Rio Branco seja de Paranaguá e conseguimos fazer isso. Missão cumprida, o Rio Branco joga em Paranaguá contra o Foz do Iguaçu, no seu estádio, no seu campo”, declara.

Fotos: Assessoria de imprensa/Thaise Oliveira

Ary Marques não é mais técnico do Rio Branco

Após reunião realizada com a diretoria do Rio Branco na tarde desta quinta-feira (23), Ary Marques não é mais o técnico do Leão. A saída do treinador foi um acordo de ambas as partes e a diretoria já está em busca de um novo nome para assumir o comando da equipe para a sequência do campeonato.

Ary chegou na Estradinha no dia 14 de fevereiro, substituindo o técnico Guilherme Macuglia. Em seis jogos no comando da equipe, conquistou apenas uma vitória, deixando o Leão na 9ª posição com oito pontos.

Foto: Assessoria de imprensa/Thaise Oliveira

 

Rio Branco já se prepara para enfrentar o Cascavel

Após sofrer a primeira derrota na Estradinha, o Rio Branco agora volta a sua atenção para o próximo adversário, Cascavel, time qual enfrentará na próxima quarta-feira (22), às 20 horas, no Estádio Olímpico Regional, pela nona rodada do Campeonato Paranaense.

Mesmo sendo superior em maior parte da partida, o Leão, que viu o atacante Getterson, do JMalucelli, marcar dois gols ainda na etapa inicial, não conseguiu reverter o placar e amargou a primeira derrota em casa. Para o técnico Ary Marques, a postura do time em campo foi boa e se repetida na quarta-feira, o time poderá sair com a vitória. “Precisa ganhar. Se jogar como jogou, tem chances. Os resultados da rodada foram bons, só faltou o nosso. Estamos chateados pelo que o time jogou contra uma equipe boa, como é o JMalucelli. Uma pena que o resultado não aconteceu”, afirma Ary Marques.

Com o resultado, o Leão permanece na zona de classificação, com oito pontos. Agora, o Rio Branco, que treina neste momento e à noite segue em direção ao interior do estado, busca se erguer na competição na próxima rodada, diante do Cascavel, que também vem de derrota.

Foto: Divulgação Rio Branco/ Thaise Oliveira